Evolução

Dois anos separam estas fotografias.
Houve uma versão intermédia que não ficou registada. 
Digamos que é um bolo com alguma saída e que não passa de moda ;)










Primeira vez...

Eu podia mostrar este bolo e contar a  história que me levou até ele mas não é bem isso que me ocorre quando o vejo.
A verdade é que eu nunca tive um acidente com um bolo, nunca entreguei uma coisa que não estivesse em condições, nunca entreguei um trabalho do qual não tivesse total orgulho. Nunca "não consegui" entregar o que me tinha sido pedido, ou seja fui muito sortuda até hoje :)
Ontem quando fui entregar este bolo ele estava desfeito, rasgado, sem salvação possível e eu só pensava na desilusão de ter que entregar aquilo a alguém. Eu não coloco demasiada pressão em mim, até porque isso acabaria por me incapacitar, mas tenho plena noção que a maior parte dos bolos que faço são para ocasiões que não se repetem, baptizados, comunhões, casamentos (pelo menos na teoria :) ). Ontem a olhar para aquele bolo estava mesmo a custar-me muito marcar um momentos destes pela negativa.
Final desta história deprimente? :) Fui a correr comprar pasta e refiz o bolo todo no local de entrega :)
Aqui está a segunda versão final :)



O meu desafio no World Baking Day! 
Basicamente é o meu desafio sempre que aceito uma encomenda.
E se a prática leva à perfeição lá terei eu que continuar a suspirar e a passar noites em branco a tentar levar a melhor sobre este meu terror culinário: cakepops.
No fim, quando olho para eles e depois de dizer que nunca mais me meto noutra, até os acho fofinhos :)



Novos Heróis

Sempre que me pedem alguma personagem em concreto o desafio é maior. Se a personagem me for totalmente desconhecida ainda mais.

Por norma eu consigo ter um diálogo bastante coerente com as crianças, eu conheço a maior parte das personagens e algumas músicas (estudar personagens em movimento :D ) e são os pais que olham de esguelha para mim :)

Desta vez foi-me apresentado um mundo novo e desconhecido: Equestria Girls.

Como é que eu sei que a prova é superada? Quando, enquanto eu sustenho a respiração, respondem correctamente à pergunta: E este quem é? :) (sim, já me deram uma resposta errada mas isso agora não interessa nada :) )





18250 dias

Eu já tinha feito um bolo do género para alguém que não queria mesmo nada entrar nos "inta". Desta vez o pedido era ligeiramente diferente e mais sério. 

O Guimarães não queria fazer 50 anos queria sim celebrar os 49 anos, os 18250 dias da sua vida e as coisas boas que dela fazem parte. 

Por mais especial que seja para mim fazê-los (que é sempre), desta vez tive o privilégio de estar presente na celebração e foi tão bom!  Fiquei de coração cheio pelas palavras e pelo significado.

Bolo de noz com recheio de creme de ovos (disseram-me no mínimo 50 vezes que estava delicioso e eu acreditei :D )